-->
 
 

Garimpo - Além do sucesso e do "Lado B" existe um universo perdido e que merece ser explorado aos extremos. Uma profunda viagem de conhecimento, visitando o material mais desconhecido, muitas vezes o mais elaborado trabalho de artistas criativos que não seguiam as orientações do mainstream. Verdadeiras preciosidades são reveladas nessa série de mini programas temáticos. Essa série é produzida pelo Eduardo Marins

____________________________________________________________________

7ª Edição - Famosos:

Famosos e suas Raridades 01:
01 - Black Sabbath - Who Are You
02 - Grand Funk Railroad - People Let's Stop The War
03 - The Who - How Many Friends
04 - Hollies - Slow Down
05 - Queen - Long Away
06 - Deep Purple - Our Lady
07 - Fleetwood Mac - Underway
08 - Led Zeppelin - Your Time Is Gonna Come

Famosos e suas Raridades 02:
01 - Guess Who - Humpty's Blues
02 - Rolling Stones - Salt Of The Earth
03 - Procol Harum - The Devil Came From Kansas (Live)
04 - George Harrison - Ballad Of Sir Frankie Crisp (Let It Roll)
05 - David Bowie - Moonage Daydream
06 - Creedence Clearwater Revival - Someday Never Comes
07 - Steppenwolf - Foggy Mental Breakdown

6ª Edição - Progressivos Norte Americanos:

Norte Americanos - 01
01 - Touchstone - The Chariot Space Voyage / The Star
02 - Yezda Urfa - Flow Guides Aren't My Bag
03 - Electromagnets - Hawaiian Punch
04 - Soup - Many Lovers Dance Inside Your Head
05 - Piper - Whatcha Gonna Do

Norte Americanos - 02
01 - Greer - All I Need
02 - Babylon - Dreamfish
03 - Year One - As Much As I Know You
04 - Stark Naked - Done
05 - Catfish - No Place To Hide

5ª Edição - Rock da Cortina de Ferro:

Cortina de Ferro - 01
01 - Diana Express - Rodopa Woman (Bulgária)
02 - Locomotiv GT - A Koteltancos Alma (Hungria)
03 - Modry Efekt - Cajovna (Tchekoslovakia)
04 - Metropol Group - Vatra (Romenia)
05 - Hammel, Varga, Peteraj & Strasser - Predohra (Tchekoslovakia)
06 - SBB - Follow My Dream (Polonia)

Cortina de Ferro - 02
01 - Collegium Musicum - Hommage A J. S. Bach (Tchekoslovakia)
02 - Omega - After A Hard Year (Hungria)
03 - Factor - A Day Will Come (Bulgária)
04 - Color - Vallomás (Hungria)
05 - Prudy - Zvonky, Zvonte (Polônia)
06 - FFN (Formatia Fara Nume) - Cetatea Noastra (Romenia)

Cortina de Ferro - 03
01 - SBB - Serenada Gia Sena (Polônia)
02 - Electra - Große Fenster (Alemanha Oriental)
03 - Barnodaj - Maugli (Tchekoslovakia)
04 - East - Messze A Felhõkkel (Far Away With The Clouds) (Hungria)
05 - Shtoursite - Obich (Bulgária)
06 - Panta Rhei - Rumanian Dances (Hungria)

Cortina de Ferro - 04
01 - Pavol Hammel & Kamil Peteraj - Piesen O Vtákovi (Tchekoslovakia)
02 - FSB - Ten Years After (Bulgária)
03 - George Jinda - Good Bye Louis (Hungria)
04 - Berluc - Bleib Sonne, Bleib (Alemanha Oriental)
05 - Diana Express - Without You (Bulgária)
06 - Pavol Hammel, Marian Varga & Radim Hladik - S Chodnikom Na Chrbte (Tchekoslovakia)



4ª Edição - Rock Alemão:

Obscure Kraut 01
01 - Udo Lindenberg - We've Had Our Time
02 - Chameleon - Grubnello
03 - Penicillin - Für Elise
04 - Sahara - Flying Dancer
05 - Propeller - Oukie Doukie Woman
06 - Andorra - On My Way
07 - Syncrisis - One Hope

Obscure Kraut 02
01 - The Lords - Mad Mad World
02 - Orexis - Castello Do Sao Jorge
03 - Kollektiv - Gageg - C) Preßluft
04 - Nexus - Always Fluffy
05 - PSI - Bettgerausche
06 - Twogether - I Was Away Too Long

3ª Edição - Raridades para se conhecer:

01 - Carreiras Solo
Steve Howe - Break Away From It All: Paralelo ao trabalho no Yes, Howe inicia sua carreira solo lançando, em 1975, Beginnings. Um ótimo disco que também tinha Bill Bruford na bateria e Patrick Moraz no piano e teclados.

Chick Churchill - Reality In Arrears: Tecladista do Ten Years After, Chick lançou o disco "You & me" em 1973. Compôs, arranjou e tocou piano, teclado, moog e mellotron em todas as faixas. Um disco escondido no tempo.

Tom Fogerty - Sick And Tired: Tom, ao lado do irmão John à frente do Creedence Clearwater Revival, também arriscou na carreira solo. Lançou 4 discos na década de 70 e dois na de 80. Essa faixa é do segundo LP, Excalibur, de 1973.

Ken Hensley - Eager To Please: Artista mais do que consagrado, além de participar de diversas bandas antes e durante sua participação no Uriah Heep, o multinstrumentista Hensley ainda gravou discos solo. "Eager to Please" é faixa-título do segundo disco, de 1975. Inconfundível estilo de Hensley no teclado e vocal.

Dave Cousins - Blue Angel: Dono de uma voz incomparável, Cousins foi membro fundador do Strawbs e é autor das melhores músicas da banda. Lançou um disco solo, em 1972, chamado "Two Weeks Last Summer" e Blue Angel é desse disco. Uma obra de arte de quase 10 minutos de duração e ainda conta com participações de respeito: Rick Wakeman (piano, teclados), Roger Glover (baixo), Dave Lambert (guitarra) e Miller Anderson (guitarra).

02 - Bandas 1 só disco
Orange Bicycle - Country Comforts: Banda inglesa que mistura pop e psicodelia, lançou álbum homônimo em 1970 e alguns singles. "Country Comforts" é autoria de Elton John / Bernie Taupin.

Salamander - Prelude (Incorporating He's My God): Também ingleses, Salamander faz um rock progressivo com um vocal forte e muito teclado. O disco, chamado "Ten Commandments", tem cada faixa dedicada a um mandamento. Prelude é a primeira faixa do disco.

Neon - Funny Kind Of Feelin': Banda americana obscura e cujo álbum ("Neon" 1971) foi produzido por Tommy James e Bob King,do grupo Tommy James & Shondells.

Tobruk - Send It For Tomorrow: Banda brasileira, que depois se tornou o Light Reflection, tem um dos LPs mais caros do mundo dos colecionadores. O álbum chama-se Ad Lib e é de 1972.

Chariot - The War Is Over: Outra banda americana pouco conhecida. Influências do Cream e uma mistura de flower power, psicodelia e progressivo cham a atenção no álbum Chariot, de 71.

Trials And Tribulations - Can't Change Your Fate: Mais americanos obscuros. LP de 1970 e apresenta um folk rock com alguns toques psicodélicos e country.

03 - Bandas 60 nos 70
Beach Boys - Here She Comes: Totalmente diferente do estilo surf dos anos 60, os Beach Boys aparecem na década de 70 com ótimos discos e um som mais maduro. "Here She Comes" é do álbum "Carl And The Passions "So Tough" de 1972, e ainda tem uma boa influência de blues. Nem parece Beach Boys.

Guess Who - Musicione: Em 1973, o disco #10 já acumulava quase 10 anos de carreira da banda. Nessa altura dos 70 o estilo da banda já havia mudado um pouco do auge do sucesso no final dos 60, não contavam mais com Bachman na guitarra, mas ainda tinham Burton Cummings no vocal e piano. Musicione é uma faixa com jeito boogie onde Cummings aparece muito, tanto nos vocais como no piano.

Hollies - Oh Granny: Outro grupo que fez muito sucesso nos anos 60 e entrou nos 70 com excelentes discos, mas com estilo bem mais maduro. Oh Granny, ainda com Allan Clarke nos vocais, era lado B de um dos singles de 1972 e entrou como faixa bonus na edição em CD de "Romany".

Jefferson Starship - Spitfire: Com a mudança de nome, o Jefferson Airplane foi deixando uma série de antigos fãs descontentes, mas ao mesmo tempo foi se transformando numa das maiores bandas de Arena Rock dos anos 80. Ainda da fase dessa transição, esta faixa é do disco de 1976, "Spitfire", ainda contando com Grace Slick nos vocais e teclado/piano.

Procol Harum - Playmate Of The Mouth: O Procol Harum entra nos anos 70 sem Matthew Fisher, que dava, nos teclados, muito a cara da banda. No disco "Broken Barricades" de 1971, mostram que conseguiram absorver bem a mudança. A faixa "Playmate Of The Mouth" já demonstra que a guitarra aparece mais em primeiro plano do que antes. Ótimo disco.

Kinks - Dreams: Tilha sonora do filme Percy, o álbum de 71 do Kinks conta com uma mistura de estilos. "Dreams" é uma faixa bem rock alternando ritmo lento e rápido. Obviamente, diferente do estilo Beat dos anos 60, mas com Ray Davies no vocal.

04 - Só Compactos
Argosy - Imagine: Além de lançar apenas 1 compacto, o Argosy tem algumas informações interessantes. Pra começar, o vocalista é o Roger Hodgson (Supertramp) e quem toca piano é Reg Dwight, um música de estúdio que mais tarde ficou conhecido como Elton John... A gravação é de 1969.

Krimson Kake - Waiter: Banda inglesa e raríssimo achar material deles. Lançaram apenas um compacto simples em 1970. Esta faixa, lado B deste compacto, é um ótimo instrumental.

Shy Limbs - Reputation: Outra banda inglesa que lançou apenas 2 singles. Esta faixa é do primeiro, de 1969 (o outro também é do mesmo ano) e tem um estilo a lá Procol Harum em "A Whiter..." e quem toca baixo é ninguém além de Greg Lake!

Chunky - Albatross: Mais uma raridade inglesa. Praticamente não consta informação sobre eles. Lançado em 1973.

Big Wheel - If I Stay Too Long: Banda holandesa que lançou uma série de compactos. Este, especificamente, é de 1969.

Andorra - I've Been Waiting: Banda alemã. Esta faixa é um excelente rock progressivo, de 1974.

Yoice - God's Own Land: Banda que tinha músicas alemães e italianos e que depois trocou nome para Analogy. Este single é de 1972.

2ª Edição - O Som do Brasil:

Garimpo Br - 01
01 - Casa Das Máquinas - Vale Verde
02 - Pepeu Gomes - Saudação Nagô
03 - Pholhas - Águas Passadas
04 - Saecula Saeculorum - Eu Quero Ver O Sol
05 - Paulo, Cláudio e Maurício - Pudim
06 - Azimuth - Periscópio

Garimpo Br - 02
01 - Light Reflections - Send It For Tomorrow
02 - Incríveis - You Keep Me Hangin' On
03 - Lee Jackson - KKK Love
04 - Sunday - All The Words To Me
05 - Kompha - Fat Lady
06 - Danny Anderson - Nobody But You
07 - Vímana - Masquerade

Garimpo Br - 03
01 - Marcos Valle - O Cafona
02 - Arnaldo Baptista - Vou Me Afundar Na Lingerie
03 - Casa Das Máquinas - Certo Sim, Seu Errado
04 - Guilherme Lamounier - Os Telhados do Mundo
05 - O Terço - Tempo e Vento
06 - Joelho De Porco - Meus Vinte E Seis Anos
07 - Assim Assado - Na Boca Da Estrada
08 - Luiz Carlos Porto - Não Fique Triste
09 - Mutantes - Mande Um Abraço Pra Velha

Garimpo Br - 04
01 - Airto Moreira - Hot Sand
02 - Deodato - Arranha Céu (Skyscrapers)
03 - Gonzaguinha - O Começo Da Festa
04 - Fredera - Aurora Vermelha
05 - Gay Vaquer - 5:20


1ª Edição - Estranhas proposições:

Garimpo01: Preview da série.

Weed - Sweet Morning Light: em 1971, entre as gravações dos álbuns Salisbury e Look at Yourself (Uriah Heep), Ken Hensley viajou para a Alemanha e emprestou sua voz e teclados nas gravações do álbum da banda Weed.
Conferimos aqui a faixa "Sweet Morning Light" cujo arranjo e estilo lembram muito o Uriah Heep.

Marmalade - Hey Joe: a banda formou-se na Escócia nos anos 1960 e depois se estabeleceu na Inglaterra. No final dos anos 1960 fizeram sucesso com várias músicas, como Reflections of My Life, Rainbow, entre outras.
Em 1968, gravaram esta ótima versão de Hey Joe que foi lado b de um single.

T-Rex - Cosmic Dancer: aqui, o T-Rex do guitarrista e vocalista Marc Bolan numa
Ótima balada com arranjo orquestral do álbum Electric Warrior, de 1971.

Deep Purple - Playground: esta faixa é um outtake instrumental fantástico, do álbum The Book of Taliesyn, de 1968.

Humble Pie - Btgm's: esta música é parte de sobras de estúdio dos dois primeiros álbuns da banda - ainda com o Peter Frampton na formação - que nunca foi lançada, até aparecer em uma coletânea no início dos anos 2000.

Garimpo02: Lado b de grandes hits.

Procol Harum - Lime Street Blues: Lado b da fantástica "A Whiter Shade of Pale" (1967). Um blues muito bem tocado e cantado pela voz grave de Gary Brooker.

Doobie Brothers - Toulouse Street: "Listen to The Music" foi um grande sucesso da banda, e esta faixa estava no seu lado b.

Genesis - Twilight Alehouse: Lado b da "You Know What I Like" que ficou fora do disco. Apareceu apenas em um box de 4 cds da banda chamado archives.

Kinks - Berkeley Mews: O Lado b de "Lola" e ficou de fora de todos os discos, aparecendo apenas em compilações de raridades.

Bachman-Turner Overdrive - Free Wheelin': banda canadense formada por Randy Bachman após sua saída do Guess Who. Essa faixa é o outro lado de "You Ain't Seen Nothing Yet", de 1974.

Marmalade - Rollin' My Thing: Marmalade colocou alguns sucessos no topo das listas e esta faixa é Lado b do maior sucesso da banda, a balada "Reflections of My Life".

Emerson, Lake & Palmer - Knife-Edge: "Lucky Man" é uma das músicas mais veneradas do ELP e do outro lado do single aparecia "Knife-Edge", que faz parte do álbum Emerson, Lake & Palmer, de 1970.

Garimpo03: Ilustres desconhecidos.

Excalibur - Run Through the Past: banda alemã com toques de progressivo e hard rock. Gravaram apenas um álbum chamado the First Album, de 1972.

Wallenstein - Manhatten Project: outra banda alemã na linha "Symphonic Rock" com grandes influências de Pink Floyd. Essa faixa é do primeiro álbum, Blitzkrieg (1971), que contém apenas 4 faixas e é praticamente todo instrumental.

Brownsville Station - I Got It Bad For You: banda de blues rock formada em detroit pelo guitarrista Cub Koda, que já vinha com muita influência do rockabilly. Essa faixa é o que podemos chamar de um rock bem puro, do álbum School Punks, de 1974.

Ellis - El Doomo: Steve Ellis é um vocalista inglês que participou de bandas como
Love Affair nos anos 1960. Nos 70 formou a banda ellis e seu primeiro álbum "Riding on The Crest of A Slump" trouxe a excelente balada "El Doomo" que chegou a fazer certo sucesso na Inglaterra. Além de tudo isso, o disco foi produzido por Roger Daltrey.

Storm - Un Señor Llamado Fernández de Córdoba: banda progressiva da Espanha. Gravaram apenas dois álbuns, mas muito bons. Esta faixa é do álbum The Storm, de 1974.

Garimpo04: 5 artistas de grande sucesso, que ficaram de fora das paradas.

Three Dog Night - Fire Eater: Esta banda americana colocou mais de 20 hits nas paradas. Esta faixa não entrou nas paradas, mas nem por isso deixa de ser muito boa. Um instrumental que faz parte do álbum Naturally, de 1970.

Blue Öyster Cult - them Came The Last Days Of May: com o pé no Heavy Metal, os americanos do Blue Öyster sempre usaram em suas letras temas de terror e ficção científica. Esta faixa é do primeiro álbum, de 1972.

Led Zeppelin - In The Light: Led dispensa comentários. Depois do lançamento de House of The Holy, em 1973, o Led Zeppelin não lançou nenhum álbum até 1975, quando vieram com o Physical Graffiti, um álbum duplo com faixas longas e utilizando novos elementos sonoros. "In the Light" é um bom exemplo.

Paul McCartney - Oh Woman, Oh Why: Excelente faixa Lado b do single "Another Day", de 1971. Não saiu no álbum Ram, apenas no cd como faixa bonus. McCartney toca baixo, guitarra, teclados e, obviamente, canta.

Guess Who - Three More Days: O grande poder vocal de Burton Cummings e a versatilidade da banda podem ser ouvidos nesta faixa do álbum Share the Land, de 1971. Este álbum colocou algumas faixas nos top charts. Esta ficou de fora, mas é sem dúvida uma das melhores do disco.

Garimpo05: rock instrumental.

Greenslade - Spirit of The Dance: A banda de Dave Greenslade é um dos ícones progressivos ingleses dos anos 70. Não utilizavam guitarra, deixando por conta do baixo a função dela. Produzem com isso um som sem igual. O baixo praticamente fala. Esta gravação é do álbum "Spyglass Guest", de 1974.

Jefferson Starship - Sandalphon: Vindo de diversas transformações do Jefferson Airplane, o Jefferson Starship gravou muitos discos nos anos 70, mas com pouca repercussão nas paradas. Essa faixa é de 1975, do álbum "Jefferson Starship".

Pirana - Pirana: Banda progressiva da Australia com muito Fuzz Guitar e Hammond. O som lembra muitas vezes o estilo dos primeiros álbums do Santana. Essa faixa é do segundo álbum, Pirana II, de 1972.

Mott the Hoople - You Really Got Me: Liderado por Ian Hunter, o Mott The Hoople é uma das notáveis bandas inglesas dos anos 70. Essa versão do sucesso mais do que consagrado do Kinks, aparece abrindo o primeiro disco da banda, em 1969. É uma daquelas versões que questionamos se não é melhor que a original...

Jigsaw - Jesu Joy of Man's Desiring: Esse arranjo bem progressivo da música clássica de Johann Sebastian Bach faz parte do primeiro álbum dessa banda inglesa que teve seu primeiro sucesso apenas em 1975 com "Sky High", faixa deste primeiro trabalho, "Leatherslade Farm",
Em seguida, mudaram muito essa veia progressiva para um estilo mais pop. Mas essa gravação é uma das grandes versões da música clássica feitas pelo rock clássico.

Humble Pie - Zeptoe Through the Tulips: Sobra de estúdio dos primeiros trabalhos e nunca lançada nos álbuns da banda. Aparece apenas na coletânea dupla "the immediate anthology".

Ekseption - Bourée: banda holandesa liderada pelo tecladista Rick Van der Linden. Gravaram inúmeros temas de Bach.
Bourée, que é bem conhecida com o Jethro Tull, também faz parte do repertório do Ekseption e aparece no álbum "Mindmirror", de 1975.

Garimpo06: participações de grandes músicos.

Black Sabbath - Sabbra Cadabra: Nesta que é uma das ótimas faixas do álbum Sabbath Bloody Sabbath, de 1973, temos Rick Wakeman, "emprestado da A&M Records", tocando piano e sintetizador.

Jim Capaldi - Low Rider: Do segundo disco solo de Capaldi, "Whale Meat Again" de 1974, a faixa Low Rider conta com a participação de outro ex-Traffic, Steve Winwood, que além de tocar guitarra, (também em várias outras faixas) toca teclado, pipe organ e baixo.

Donovan - Stromberg Twins: Jeff Beck aparece tocando guitarra em algumas faixas do álbum Barabajagal, de 1969. Esta faixa ficou fora do álbum e apareceu apenas na versão do cd como faixa bonus.

Atomic Rooster - Decline and Fall: em seu primeiro álbum, o Atomic Rooster contava com Carl Palmer na bateria. Em "Decline and Fall" ele dá um pequeno show num solo de 1 minuto.

Spontaneous Combustion - Down With The Moon: aproveitando o embalo do ELP, este disco, de 1972, foi produzido por Greg Lake e, ouvindo atentamente, percebe-se sua influência na sonoridade da banda.

Gary Wright - Two Faced Man: entre 1970 e 1974 Gary sai do Spooky Tooth e grava alguns discos solo. O segundo deles, Footprint, de 1971, traz na guitarra George Harrison, mas nos créditos aparece como George O'Hara. Nesta faixa, é mais perceptível sua slide guitar.

Garimpo07: garimpados mundo afora.

Kvartetten Som Sprängle - Ganglat Fran Vallhallavagen: Banda sueca que gravou apenas este álbum "Kattvals" em 1973. Esta faixa é recheada de guitarra e hammond e consegue fazer parecer pouco os quase 9 minutos de música.

Partner - Fayuta Hill: a cena do rock holandês é realmente infinita e temos aqui mais uma banda dos países baixos. Essa faixa do disco Partner, de 1978 e mais uma vez teclados bem legais e um baixo bem evidente.

Morse Code - It's Never Easy To Do: banda canadense com grandes influências psicodélicas e muita veia progressiva. Essa faixa, do primeiro disco, 1971, traz um belo riff de guitarra.

Otis Waygood - I Left My Skull in San Francisco: ótima banda da África do Sul que gravou 4 álbuns. Essa faixa é do segundo (Simply, 1971) e aparece um ótimo "Deep Bass" e guitarra bem psicodélica.

Mac Rybell - The Lantern: banda brasileira, mas especificamente de São Paulo e encontra-se pouquíssima informação sobre eles. Essa faixa é de um compacto lançado provavelmente no final dos anos 60. Psicodelismo total.

Aquelarre - Siesta Cambiada: banda argentina de rock progressivo, o Aquelarre foi uma das bandas de maior destaque na Argentina nos anos 70, tanto em popularidade como versatilidade. "Siesta Cambiada" é do quarto álbum, Siesta de 1975, e tem além de ser um ótimo progressivo instrumental, uma boa pitada de jazz.

Garimpo08: músicas conhecidas em versões obscuras.

Fresh Air - For What It's Worth: versão da música antoilógica do Buffalo Springfield gravada por esta raríssima banda americana em 1969. Um hard psych com muita guitarra e teclados.

Tritons - I Can't Get No (Satisfaction): o Tritons tem uma história curiosa: os líderes da banda New Trolls (nico di palo e vittorio de scalzi) tiveram uma demanda judicial por causa do nome do grupo e o transformaram para Ibis. Durante as gravações de um álbum do Ibis, fizeram um arranjo da Satisfaction meio de brincadeira e a gravadora (fonit) gostou e resolveu lançar essa gravação sob um novo nome pra banda, que foi Tritons. Gravação de 1973.

CCS - Whole Lotta Love: essa música dispensa apresentações. CCS, abreviação de "Collective Consciousness Society" é uma banda inglesa formada pelo bluesman Alexis Korner e por Peter Thorup. Essa gravação era usada no programa "Top of The Pops" da BBC, que durante 40 anos apresentava os singles mais vendidos na Grã Bretanha. Gravação de 1970.

Duffy - Don't Let Me Be Misunderstood: banda inglesa que tinha o nome de Scruffy duffy e depois mudou apenas para Duffy. Gravaram 1 álbum sob cada nome. Essa ótima versão do The Animals de Eric Burdon é de 1974 é embalada por teclados e guitarra além de um ótimo vocal.

Träd, Gräs Och Stenar - All Along the Watchtower: trio da suécia que gravou, em 1969, essa versão bem sombria e psicodélica da obra de Bob Dylan. É mais lenta que a versão de Hendrix. Pouco mais de 8 minutos de psicodelia...

The Gods - Hey Bulldog: The Gods surgiu em 1965 na inglaterra e em 1968 contava com Mick Taylor, John Glascock (Jethro Tull) e nada mais nada menos que Ken Hensley. Essa releitura do clássico dos Beatles é do disco Genesis, de 1968.